quinta-feira, novembro 15, 2007

Cinema: semana de 8/11 a 14/11

Esta semana, devido à ausência de filmes interessantes em exibição, não fui ao cinema.
De qualquer forma, aqui estão as estreias para esta semana:
  • "Gangster Americano", um thriller de Ridley Scott com Denzel Washington, Russell Crowe, Cuba Gooding Jr. e Carla Gugino.
  • "Across the Universe", um romance musical que conta com a participação de Bono e Salma Hayek.
  • "Beowulf", uma aventura animada com Anthony Hopkins, John Malkovich, Angelina Jolie, entre outros.
  • "Delírios", uma comédia dramática.
  • "E Não Viveram Felizes Para Sempre", mais uma animação de produção americana mas também alemã.
  • "Control", um drama de produção inglesa, americana, australiana e japonesa.
  • "Nomad", mais um drama mas desta vez vindo directamente do Cazaquistão.

A grande estreia da semana é sem dúvida o filme de Ridley Scott. Promete muito. Vamos lá ver se corresponde às expectativas...

Bom cinema ;)

6 comentários:

Irritadinha disse...

Confesso a minha curiosidade em relação ao Gangster Americano... Veremos se venço o frio e me entrego ao cinema...

7 disse...

Control de produção japonesa? Que parvoice? Ao menos sabes do que fala? E ja agora o Gangster Americano é uma grande porcaria, acho eu..

Pedro Fonseca disse...

Control tem produção japonesa, sim senhor. Informa-te ;)

7 disse...

Tem produçao Japonesa? Diz me onde? Es burro ou que? Sabes ao mens do que é que o filme fala? Nem deves saber o que é.

Pedro Fonseca disse...

Agradecia que melhorasses a tua educação. Faltas de respeito não admito!
Que seja a última vez!

De qualquer forma aqui ficam alguns links para te ajudar a ficares mais informado:
http://www.imdb.com/title/tt0421082 na parte onde diz country (mais ou menos a meio da página)
http://www.cinema.ptgate.pt/filmes/5858 na parte onde diz país.

7 disse...

Desculpa la se fui mal educado. Mas da me uma certa raiva, tu deves nao conhecer este filme nem a sua historia e eu simplesmente achei-o dos melhores filmes do ano passado e sei muito bem que tem dois produtores executivos de origem japonesa que estão radicados em Inglaterra e que são ligados ao realizador Anton Corbjin. E não é isso que faz a produção ser japonesa. Percebes?