segunda-feira, setembro 04, 2006

A condução em Portugal

No outro dia fiz referência ao facto de alguns dos condutores portugueses conduzirem à inglesa.
É verdade. Muitas vezes, quando vou em vias-rápidas ou auto-estradas aparece-me um pela frente a ultrapassar outro carro, muito devagarinho... Lá fico montes de tempo à espera que ele ultrapasse o dito carro... Ao fim de 1 minuto lá conseguiu ultrapassar o carro... Mas em vez de passar logo para o lado direito não. Era bom. Mais uns 10 segundos... até que dá o pisca para a direita... mais 5 segundos... e lá vai ele para a via do lado direito. O engraçado é o pisca. Já não basta meterem-se à minha frente para ultrapassar, depois de ultrapassarem, em vez de se desviarem logo para a direita mal possam não, dão primeiro o pisca e só passado uns 5 segundos é que lá vão para a direita. O que é que me interessa a mim o pisca para a direita???

Mas isto é só para dar cabo da paciência a um gajo. Pior é quando se vai na auto-estrada a ultrapassar, quando de repente, sem mais nem menos, o carro que estamos a ultrapassar vem para cima de nós. Isso é que causa acidentes. Felizmente isto já não se vê tanto como dantes.

Depois há aquelas ultrapassagens malucas que se vê em estradas nacionais. Para já, ainda só vi sortudos. Não vi acidentes por esta causa. Mas que os há, há.

Dizem que a causa da maior parte dos acidentes é o excesso de velocidade. Mas isso não é verdade. Normalmente os acidentes são causados pelos condutores mais lentos, porque normalmente esses são os que têm maior dificuldade em conduzir. Ultrapassar em auto-estrada sem olhar para o retrovisor, não respeitar prioridades, não conduzir pela direita, manobras perigosas... Tudo isto é mais comum em condutores "mais lentos". E estas sim, são as verdadeiras causas dos acidentes.

7 comentários:

Irritadinha disse...

Realmente nas estradas nacionais assiste-se a cada ultrapassagem...
Vemos ainda "aqueles" que se acham senhores do asfalto, os tais quando os vamos ultrapassar começam a vir pra cima de nós, como tu referiste. Talvez seja o gosto por dificultar as coisas que os impele a tomar tal atitude, ou se qual é só testoesterona ou estrogénio a mais.
A verdade é que não percebo como é que certas pessoas conseguiram tirar a carta (ou se calhar até percebo €€...), e o pior acontecimento para o qual o meu pouco dotado encéfalo ainda não arranjou explicação: como é que certas pessoas idosas (já com vários problemas de saúde que acabam por afectar a sua percepção a nível de condução, observação e análise do que se passa no trânsito entre outras) conseguem ter a carta renovada?

Irritadinha disse...

correcção de erros: "...tal atitude, ou se calhar é..."

Pedro Fonseca disse...

É verdade. Grande parte dos maus condutores que se apanham por aí e grande parte daqueles que cometem, os chamados, erros crassos são mesmo idosos.
Eles devem conseguir renovar a carta da mesma maneira que certas pessoas conseguem tirar a carta (como tu disseste €€€).

Irritadinha disse...

Certamente será assim que conseguem renovar a carta... é o "Mundo em que vivemos"

Bom condutor disse...

Caro senhor. Já passaram mais de 2 anos, mas nunca é tarde para repor a verdade.

Tudo o que diz faz sentido, excepto: "O que é que me interessa a mim o pisca para a direita???"

Se não lhe interessa, devia interessar. O que não faz falta, são mais pessoas a mudar de faixa sem sinalizarem. É (também) por isso que conduzir em Portugal, é como é.

Para quem vier dar a esta página, e também quiser aprender, eis o link essencial: http://bomcondutor.blogs.sapo.pt .

Boa aprendizagem.

Pedro Fonseca disse...

Se lesse o que escrevi antes talvez percebesse...

Anónimo disse...

Boa ... para quê o pisca??? Isso é que é civismo!! Oh seus lentos que andam no máximo a 120. Seus parolos, saiam da frente que o pessoal quer passar e se nos matarmos, ao menos foi a 160 ou a 180 e ficamos para a história!Tristeza! O limite não é só para passar multas, é porque é uma velocidade elevada mas que ainda permite alguma hipotese de travar,ou manobrar em segurança! Porque nem todos queremos morrer na estrada!!