quinta-feira, setembro 21, 2006

Ainda não é desta

Pois é meus amigos. Parece que Portugal não vai seguir os restantes países europeus no que respeita à lei anti-tabaco.
Segundo o ministro da saúde, a nova legislação sobre o consumo de tabaco vai permitir que, durante "algum tempo" (leia-se 3 ou 4 anos), os restaurantes possam decidir se os clientes podem fumar nas suas instalações. Ou seja, vai continuar tudo exactamente como está.

O engraçado é o tempo que, segundo o Governo, os estabelecimentos necessitam para decidir. 4 anos!! Porque não 40? É ridiculo. Uma lei que já devia ter sido feita (como por exemplo em Espanha), ficamos agora a saber que nem daqui a 4 anos vamos poder escolher entre estabelecimentos para fumadores ou não fumadores.

Será que não há ninguém de coragem dentro do Governo que possa pôr esta lei a andar para a frente, mas... a sério?!?

9 comentários:

Irritadinha disse...

A pergunta é: para que falaram em tal lei se só daqui a meio século, com sorte claro, ela será aplicada a Portugal? Mais valia estarem caladinhos,mas é a mania que t~em de que o povo é parvo e burro que nem uma porta e não nota nada.
Temos de ser realistas, se Portugal é sempre um dos últimos da lista em coisas positivas porque raio havia de se quebrar agora essa fantástica tradição de estar na cauda da Europa, ao nivel do que é mau e ridiculo?
O lema é: não faças hoje o que outro minitros daqui a anos vai acabar por também não fazer.
Eu acho que é melhor o sr ministro prolongar o tempo de reflexão acerca de tal lei, afinal tabaquinho faz bem à saúde por isso quanto mais tempo demorar melhor. Surreal mesmo.

Tiago disse...

Ainda bem que essa lei não vai ser implementada visto que era uma injustiça para fumadores como eu.
Nós também temos direito a estar nos restaurantes ou cafés à vontade e fumar-mos o nosso cigarrinho, ou não?

Irritadinha disse...

Sim têm direito, mas se os fumadores têm vontade de diariamente se envenenarem façam-no sozinhos. Ou não será tam´bem uma falta de respeito os não fumadores terem de levar com o fumo, e estarem ali a inalar substâncias tóxicas?

Tiago disse...

Os não fumadores que se sentem incomodados têm sempre a possibilidade de se afastarem ou simplesmente não irem a esses estabelecimentos onde se sentem incomodados.
Assim como podem não gostar do serviço desse estabelecimento e por isso não vão lá, não vão igualmente por causa do fumo, por exemplo.
Agora nós não temos culpa.

Irritadinha disse...

E caso o não fumador goste do dito estabelecimento?
Goste do serviço?
Por alma de quem é que tem de levar com o fumo dos fumadores? Caso a lei venha a ser posta em vigor, e espero que sim, os fumadores que se sentirem incomodados pela lei têm sempre a hipótese de fumar noutro local qualquer onde nãos e sintam incomodados.
E que culpa têm os não fumadores do vício dos fumadores?
Nenhum, logo não será egoísmo da parte de alguns fumadores serem contra a esta lei?
Ou talvez tenham gozo em começar a estragar a saúde dos outros...
Cada um defende o seu lado, mas certo é são os fumadores que têm um péssimo vício que não só prejudica os próprios como quem os rodeia, nem que seja apenas durante aquela meia hora no café.

Tiago disse...

Sim, lá isso é verdade. Tens razão.
Pelo menos nas esplanadas acho que não incomodamos ninguém. Se bem que com este tempo é um bocado dificil ir para uma esplanada..

Pedro Fonseca disse...

"Os não fumadores que se sentem incomodados têm sempre a possibilidade de se afastarem ou simplesmente não irem a esses estabelecimentos onde se sentem incomodados."

O mesmo é válido para os fumadores se a lei anti-tabaco for implementada.

Mas vamos a factos. Se entrarmos num café e não houver fumo os não fumadores não se sentem incomodados e o mesmo verifica-se nos fumadores certo? Portanto um ambiente sem fumo não incomoda ninguém. Um ambiente com fumo já incomoda, pelo menos uma grande maioria dos não fumadores, como eu.

Já para não falar em termos de saúde pública, como diz a irritadinha.

Tiago disse...

Ok, venha a lei anti-fumadores que nós cá nos arranjamos

Gisela disse...

Salas de chuto para os fumadores, vai ser no que se vão trasformar os cafés e restaurantes assinalados com o sinal "permitido fumar". Bem hajam os legisladores, sempre corajosos!