quinta-feira, julho 09, 2009

Cinema: semana de 02/07 a 08/07

Esta semana fui ver "Ligações Perigosas" e "A Última Casa à Esquerda".

"Ligações Perigosas" é um thriller com Russell Crowe, Ben Affleck, Rachel McAdams e Helen Mirren.
Stephen Collins (Ben Affleck), um carismático e promissor político, é visto como o futuro do partido. Todos o olham como o melhor candidato para a campanha presidencial, até que a sua assistente e amante é brutalmente assassinada e segredos enterrados começam a ser revelados. O repórter Cal McCaffrey (Russell Crowe), um velho amigo de Collins, foi destacado para investigar o caso pela sua implacável editora, Cameron (Helen Mirren). Mas assim que ele e a colega Della (Rachel McAdams) tentam descobrir a identidade do assassino, vão perceber que, quando há milhões em jogo, não há integridade, amor ou vida que esteja a salvo.
Russell Crowe é de facto um grande actor. Neste filme tem mais uma vez um grande desempenho. Apesar de ter um bom argumento e uma excelente montagem, este é um filme essencialmente dos actores. Com Russell Crowe à cabeça, Rachel McAdams, Helen Mirren, Jason Bateman e até Ben Affleck conseguem, de facto, interpretações de grande nível. Era impossível imaginar outro actor a desempenhar o papel de Russell Crowe (como Brad Pitt, por exemplo, escolha inicial para o papel). Apesar das pouco mais de 2 horas de duração, este filme corre a um ritmo excelente e nunca se torna monótono (algo fácil de acontecer neste tipo de filmes). Mais uma vez, até para isso, contribuíram sobremaneira os actores. Portanto, estamos perante um excelente thriller onde sobressaem as excelentes interpretações.
Classificação: 8

"A Última Casa à Esquerda" é um thriller de terror com Sara Paxton no papel principal.
Na noite em que chegam à casa do lago, Mari e a amiga Paige são raptadas por um fugitivo da prisão e pelo seu grupo. Aterrorizada e às portas da morte, a única esperança de Mari é conseguir voltar à casa dos pais, John (Tony Goldwyn) e Emma (Monica Potter). No entanto, sem o saber, o grupo escondeu-se precisamente na casa dos pais. Quando descobrem o que aconteceu, John e Emma decidem vingar-se.
Este filme é para maiores de 18 anos e, efectivamente, é mesmo muito forte, quer em termos de violência física mas especialmente em termos de violência psicológica. Apesar de não contar com um elenco sobejamente conhecido, o filme conta com excelentes interpretações, com a protagonista, Sara Paxton, em destaque. No entanto, quer os vilões, quer a família da casa do lago, têm grandes desempenhos. Apesar de ser considerado um filme de terror, penso que este filme deve ser visto mais como um thriller com algumas cenas bastante impressionáveis e muito suspense. Aliás, o suspense criado em algumas cenas é, de facto, fenomenal. O argumento do filme está bastante bom mas o que realmente salta à vista são as interpretações dos actores e a realização. Dennis Iliadis faz, neste filme, um excelente trabalho. Em conclusão, devo dizer que nunca gostei tanto de um filme deste género como este "A Última Casa à Esquerda".
Classificação: 8


Hoje estreiam 3 filmes:
  • "A Proposta", uma comédia romântica com Sandra Bullock e Ryan Reynolds no principal papel.
  • "Bruno", uma comédia com Sacha Baron Cohen no papel principal.
  • "A Cidade das Sombras", uma aventura com Bill Murray e Tim Robbins.

A grande estreia da semana é o polémico "Bruno". Depois de "Borat", Sacha Baron Cohen está de volta, desta vez interpretando um repórter austríaco gay.

Bom cinema ;)

1 comentário:

Catarina disse...

Boa Tarde,

"State of Play", grande filme em comparação com os do género, com o Russel Crowe já todos esperavamos um resultado deste género!

Catarina