domingo, novembro 05, 2006

Saddam condenado à morte por enforcamento

Saddam Hussein foi hoje condenado à morte por enforcamento pelo Tribunal Especial iraquiano que julgou o ex-presidente do Iraque por crimes contra a Humanidade, pelo massacre de 148 civis na localidade xiita de Dujail, em 1982.

Acho muito bem que ele seja condenado com uma pena muito pesada, agora será que não seria mais justo se fosse condenado "apenas" a prisão perpétua? A meu ver, do ponto de vista do réu, é muito melhor a pena de morte do que a prisão perpétua. E para ele, acho que devia ser o pior...

Além disso, a pena de morte não me parece uma pena razoável, porque assim não estamos a proceder melhor que os próprios assassinos...

15 comentários:

Aninhas disse...

Pedro... Tiveste um rasgo de genialidade!
Não podia concordar mais contigo. Bolas isto por um lado é mau, né, já se sabe bom bom é opiniões contrárias qu'e pó xarope!
E ps - Onde é que vem escrito, que são fetos sem consciência? Deduzo que não viste um horrível filme acerca de um aborto, filmado in útero, durante o mesmo em que se via o feto a escolher-se a fugir da "colher" da raspagem...
Nunca Nunca mais essa imagem me há-de sair da cabeça.
Rais partam o Sadam.
Trabalhos forçados a vidinha toda até cair para o lado isso sim é que era castigo à séria e dormir mal e comer mal e ter dores e ser abusado pelos prisioneiros. Tudo aquilo a que qualquer valente "genocída" tem direito.

Irritadinha disse...

É caso pra dizer... Já vai tarde.

Calvin disse...

Diabo...ora aí está outro tema controverso...
Não deixa de ser engraçado o fluir do destino. "Quase Deus" para o seu povo e grande amigo dos EUA há poucos anos...agora...condenado à morte por todos...
O que mudou?
O Tempo...
E pode o tempo mandar os homens matar?;)

Irritadinha disse...

Depende do estado anímico creio eu... Ou seja se por exemplo o clube do coração ganhar, nessa semana não se mata ninguém, mas caso o clube do coração leve uma abada... É cogitada uma chacina à escala dos mais altos governantes do mundo... arredores!

MB disse...

Saiba que para Saddam esta é a pior condenação: o enforcamento é a pena mais humilhante que se pode ter no Iraque.
Mas tem razão quando diz que não se deve matar quem matou! Que justiça é essa? Já não dizendo que lhe mataram dois advogados de defesa e trocaram de juiz a meio! Que justiça é esta? E o sr. Bush e comp.? Esses sanguinários? Na guerra do Iraque já morreram mais americanos do que nas twin towers (mas não conta)! são muito justos...

Pedro Fonseca disse...

Não vejo lá grande humilhação em ser-se morto, seja de que maneira for...

Aninhas disse...

Aha, mas morto por osmose...
Isso é que era!

Irritadinha disse...

Aninhas era dar-lhe a beber água destilada... um mimo

13 disse...

COncordo contigo! Plenamente! Mas pensa como te sentirias se ele tivesse agido contra um dos teus? Se calhar, pensavas de forma diferente!

Pedro Fonseca disse...

Não me parece. Se fosse um dos meus queria era que ele ficasse até à morte na prisão. E que durasse muitos e muitos anos... Mas em Portugal isso não era possível, visto que a pena máxima é apenas de 25 anos.

Irritadinha disse...

Pedro... com as condições que as prisões apresentam o Saddam enforcava-se 10 minutos depois de ter entrado... Acho que ele preferia ficar a vivar naquele buraco onde foi encontrado...

Alice in Wonderland disse...

O que eu tenho a dizer sobre isto dava um post por si só... e nem sei se me auto-insultava depois de o ter escrito!

Eu concordo com a pena de morte para psicopatas que matam não sei quantas pessoas, não têm qualquer hipótese de recuperação e só ocupam espaço e gastam dinheiro dos contribuintes nas cadeias. Aquelas pessoas que não valem grande coisa, quanto mais o espaço que ocupam e os recursos que gastam...

Não concordo com a pena de morte aplicada ao Saddam. Parece-me que era um desfecho inevitável e político... Se não tivesse matado não sei quantos curdos... arranjavam outra coisa qualquer!

Bolas! Racionalmente nem eu concordo com o que acabei de escrever... Ou concordo?

Brisa disse...

Esta é uma questão com a qual me debato e sobre a qual continuo a ter dúvidas. Concordo plenamente que para tipos como o Saddam deve ser muito melhor a pena de morte do que a prisão perpétua. E o que ele merece é, a meu ver, algo muito pior do que uma morte rápida e limpa.
De uma forma geral não concordo com a prisão perpétua pq implica que somos nós, contribuintes, que temos que sustentar os criminosos para o resto da vida. Agora, para tipos destes, acho q não me importava de contribuir com uma moedinha…

Calvin disse...

Pedro...e para quando uma nova fornada de post?;)

Anónimo disse...

Por mim, o Sadam devia ser condenado à morte por osmose.

Colava-se-lhe o tempo à pele, de preferência muito tempo - mais do que aqueles 25 anos que só existem na letra da lei portuguesa - e deixava-se que a osmose se lhe arrepanha-se a pele até aos ossos.

Depois, num instante, ... zás, morria por ter sido condenado à morte.

Não podia era ir apanhar a sua osmose numa daquelas prisões da Áustria que têm andado a ser publicitadas pela net.