quinta-feira, setembro 06, 2007

Cinema: semana de 30/8 a 5/9

Esta semana fui ver "Licença Para Casar" e "Declaro-vos Marido e...Marido".

"Licença Para Casar" é uma comédia romântica com Robin Williams no papel principal.
"Licença para Casar" segue Ben Murphy e a sua noiva, Sadie Jones, na sua caminhada para viverem felizes para sempre. O problema é que na igreja da família de Sadie, St. Augustine, está o Reverendo Frank (Robin Williams), que não abençoará a união de Ben e Sadie até eles passarem o seu exigente curso de preparação para o casamento. O currículo rigoroso do Reverendo Frank põe à prova a relação de Ben e Sadie. Esqueçam o felizes para sempre - será que eles têm sequer o que é preciso para chegar ao altar?
Uma comédia muito bem conseguida mas graças a Robin Williams. O argumento é muito fraquinho mas o actor consegue estar ao seu nível e levar o filme ao colo. Além disso, embora não sejam grandes actores, até existe uma boa química entre o casal. Mas sem dúvida que o filme vale pelo humor protagonizado por Robin Williams, especialmente o seu humor físico.
Classificação: 15

"Declaro-vos Marido e...Marido" é uma comédia com Adam Sandler e Kevin James nos principais papéis e Jessica Biel num papel mais secundário.
Chuck Levine (Adam Sandler) e Larry Valentine (Kevin James) são dois inseparáveis amigos dispostos a tudo para ajudar o outro, em resumo: o orgulho do quartel de bombeiros. Larry é viúvo, e um homem de carácter, com uma única preocupação na vida: cuidar da sua família. Já Chuck também quer apenas uma coisa: aproveitar a sua vida de solteiro da melhor forma possível! No entanto, problemas burocráticos impedem Larry de nomear os seus dois filhos como beneficiários do seu seguro de vida. De forma a contornar o problema, necessita "apenas" que Chuck se declare como seu Marido para determinadas questões legais... Ninguém saberia, e o facto de Larry ter salvo a vida de Chuck num incêndio, terá sido, sem dúvida, um argumento bastante convincente! Começam entretanto a recair algumas suspeitas sobre a veracidade deste casamento, projectando-se a situação do anonimato para as primeiras páginas dos jornais. Os dois são obrigados a assumir uma hilariante postura de recém-casados de forma a manter o disfarce, apercebendo-se no final, que o que faz de facto uma família é a capacidade de se manterem unidos nos momentos mais complicados.
Desde já posso dizer que este filme é a melhor comédia deste Verão. Com uma realização "normal", o argumento está muito positivo. Tem cenas hilariantes ao longo de todo o filme. Adam Sandler, Kevin James estão excelentes nos papéis que desempenham e mesmo as personagens mais secundárias tornam o filme muito mais preenchido, especialmente em termos cómicos. Desde os "habituais" de Adam Sandler como Steve Buscemi ou Rob Schneider até Jessica Biel ou Ving Rhames. Este último está especialmente hilariante. A parte cómica torna-se ainda mais interessante porque é aliada à parte mais moralista do filme, relacionada com a homossexualidade. Estes elementos reunidos, faz deste filme a melhor comédia deste Verão. Classificação: 16

Hoje estreiam 8 filmes:
  • "Hairspray", uma comédia musical com John Travolta, Christopher Walken, Queen Latifah, Michelle Pfeiffer, entre outros
  • "Next", um thriller com Nicolas Cage, Julianne Moore e Jessica Biel
  • "O Contrato", um thriller com John Cusack e Morgan Freeman
  • "Dois Estranhos, um Casamento", uma comédia romântica com Jason Biggs no principal papel
  • "Cativeiro", mais um thriller de produção americana e russa
  • "Factory Girl", um drama com Sienna Miller e Guy Pearce
  • "Os Fantasmas de Goya", um drama espanhol
  • "A Caixa Kovac", um thriller de ficção científica de produção inglesa e espanhola.

Muitos filmes a estrearem esta semana. O grande destaque vai para o filme com John Travolta, mas "Next" e "Dois Estranhos, um Casamento" também me parecem bons filmes.

Bom cinema ;)

7 comentários:

7 disse...

Fantasmas de Goya espanhol? Desculpa la eu estar a ser chato e o caraças mas tu tens muitos erros no teu blog. e ja agora o Super Baldas não é para aolescentes é uma comedia bastante inteligente o Declaro-vos Marido e marido isso sim é para adolescentes.

Pedro Fonseca disse...

Os Fantasmas de Goya tem produção exclusivamente espanhola. Mais uma vez... informa-te ;)

O Super Baldas é uma comédia dita para adolescentes. Concordo que é uma comédia inteligente mas isso significa que não é para adolescentes?? Para adolescentes é só as comédias "burras"? Acho isso um bocado ridículo...

Quantos aos erros, é provável que tenha alguns. Ninguém é perfeito. Mas já agora gostava que me conseguisses dizer quais.

7 disse...

Fantasmas de Goya não é um filme de produçao exclusivamente espanhola. Basta veres os nomes do produtores que nem todos são espanhois ainda por cima tens o realizador e os actores que nao sao espanhois (mas tambem nao é por ai que o filme deixa de ser espanhol ou não). Mas não é espanhol

Pedro Fonseca disse...

Realmente o filme não deve ter produção exclusivamente espanhola. O site que consultei deve estar incompleto: http://www.cinema.ptgate.pt/filmes/5484

Fui ao imdb http://www.imdb.com/title/tt0455957 e realmente para além da produção espanhola também tem produção americana.
Quanto ao realizador, Milos Forman, nasceu na República Checa.

Portanto o filme também é espanhol.

7 disse...

Eu num comentario anterior nao me expliquei bem. O Super Baldas é um filme badass (o que agrada aos adolescentes) mas tem um sentido humano e por sua vez inteligente o que afasta a criançada. E nao é para achares ridiculo porque so alguns atentos e mais alguns informados é que viram este belo filme. é sempre melhor do que o Meet the Spartans.

7 disse...

Meu rapaz eu sei que o Milos Forman é da republica checa, ja o "conheço" ha muito tempo. Nunca viste o Amadeus e o Man on The Moon, devias ver se nao viste

Pedro Fonseca disse...

Super Baldas melhor que Meet the Spartans? Lá está. Para mim são filmes que não se podem comparar pois os objectivos a que se propõem são completamente diferentes.

O Super Baldas tem coisas que agrada a criançada também. Mas claro que é muito mais que isso. É um filme muito completo.

Já vi o "Man on the Moon" com o Jim Carrey. Demasiado dramático para o meu gosto mas de inegável qualidade.